Matrícula na rede estadual se encerra nesta quarta-feira, 31

De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), poderão se inscrever gratuitamente crianças, jovens (ensino fundamental e médio) e adultos (EJA) que migram da rede particular ou de outros Estados.

O parlamentar informou que a expectativa é de que o número de vagas seja suficiente para atender os interessados, conforme relatório da Secretaria encaminhado à Assembleia Legislativa (Alesp). “Esperamos que o governo do Estado não reduza o número de vaga; e esperamos que nenhuma escola pública seja fechada. Infelizmente, o Estado estava fechando escolas e abrindo presídios”, disse.

O pré-cadastro é presencial e realizado em qualquer unidade da rede pública. Para tanto, é necessário informar o nome completo, a data de nascimento, o endereço residencial e telefone para contato. A certidão de nascimento e o comprovante de residência serão exigidos no ato da matrícula. Alunos menores de 18 anos de idade poderão ser cadastrados somente por pais ou responsáveis.

O resultado final sairá em dezembro na mesma unidade onde foi realizado o cadastramento do aluno. “Os alunos deverão ser encaminhados para a escola mais próxima de sua residência que tenha vaga para a sua série de estudo. A expectativa do governo estadual é de que não haja a necessidade de criação de lista de espera, como já ocorreu em anos anteriores”, afirmou Edmir Chedid.

Incentivo
Edmir Chedid voltou a destacar a importância de incentivos ao aprimoramento da educação pública estadual. O parlamentar afirmou que a educação precisa ser modernizada a fim de garantir mais oportunidades para os estudantes e aos profissionais do setor. “Os professores precisam receber melhores condições do governo do Estado para o aprimoramento profissional”, complementou.

Para ele, o Estado deve investir em tecnologia da informação. “Afinal, somente a educação poderá construir um Estado melhor, um país mais eficiente para todos. O Brasil, de forma geral, infelizmente tem deixado a desejar nesta questão, o que muito nos preocupa aqui na Assembleia Legislativa”, finalizou.