Sessão solene homenageia 14 mulheres de destaque em Bragança Paulista

A Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista homenageou, na última sexta-feira (25/8), mulheres com ações de destaque no município nas áreas da saúde, educação e assistência social.  A sessão solene para a entrega das 14 medalhas Zilda Arns contou com a presença do deputado estadual Edmir Chedid, da presidente Beth Chedid, da secretária municipal de desenvolvimento dos Agronegócios, Gislene Bueno, que representou o prefeito Jesus Chedid e o vice Amauri Sodré, além de outros 14 vereadores e secretários municipais.
 
Foram homenageadas: Ana Francisca Pires (indicada pelo vereador Sidiney Guedes), Célia de Lima (indicada pelo vereador João Carlos Carvalho), Clélia Oliveira Santos (indicada pela vereadora Fabiana Alessandri), Márcia Aparecida Neves Silva (indicada pelo vereador Natanael Ananias), Márcia Dias Zani (indicada pela vereadora Rita Leme), Márcia Regina Davanso Adriani (indicada pelo vereador Basílio Zecchini Filho), Margarete da Silva Gonçalves Alvarenga (indicada pelo vereador Marco Antonio Marcolino), Marina de Fátima de Oliveira (indicada pelo vereador Cláudio Moreno), Neuza de Camargo Silva (indicada pelo vereador José Gabriel Cintra Gonçalves), Patricia Aparecida de Barros (indicada pelo vereador Antonio Bugalu), Sheila Regina de Oliveira Cardoso (indicada pelo vereador Moufid Doher), Solange Aparecida Del Roio (indicada pela vereadora Beth Chedid), Vasty Fernandes Olmo (indicada pelo vereador Dr. Cláudio) e Zuleika Matias (indicada pelo vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos).
 
O deputado Edmir Chedid lembrou a médica Zilda Arns ao falar da importância de pequenos gestos que fazem a diferença no dia a dia da sociedade. “É um dia de festa e fiz questão de comparecer. As mulheres que estão sendo homenageadas prestam um serviço importante para Bragança, e por isso é importante reconhecer, pois o reconhecimento é fundamental. A entrega da medalha é um incentivo e eleva a autoestima dessas pessoas tão abnegadas”, pontou o deputado Edmir.
 
A entrega da medalha Zilda Arns foi incluída no calendário oficial da Casa em 2010, por proposição da vereadora Beth Chedid, como homenagem às mulheres de destaque na saúde, educação e assistência social de Bragança Paulista. A premiação foi instituída no ano do falecimento da médica Zilda Arns Neumann, fundadora da Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa. Zilda Arns foi vítima um terremoto no Haiti, onde estava para cumprir uma missão humanitária.
 
“A proposta de instituir a medalha Zilda Arns tinha o objetivo de perpetuar o nome de uma mulher guerreira, que procurava fazer o bem, e cultivava o amor ao próximo. A instituição do prêmio fará com que ela nunca seja esquecida e seu nome sempre será lembrado por gerações futuras. O segundo objetivo é homenagear e colocar a mulher em foco, para que a sociedade amplie os espaços de atuação feminina e um desperte para um olhar mais cuidadoso com todas”, disse a presidente Beth Chedid.