Siga nossas redes sociais →

Alesp aprova PL que prevê apoio às vítimas de AVC no Estado de São Paulo

Publicidade

Alesp aprova PL que prevê apoio às vítimas de AVC no Estado de São Paulo

A Assembleia Legislativa (Alesp) aprovou nesta terça-feira (27) o Projeto de Lei 1.115/2023, do deputado Edmir Chedid (União), que institui a Política Estadual de Prevenção do Acidente Vascular Cerebral e de Apoio às Vítimas no Estado de São Paulo. A iniciativa, que tramitou em regime de urgência, foi aprovada após a realização de um congresso de comissões e uma sessão extraordinária.

Projeto de Lei 1.115/2023 garantirá a promoção da qualidade de vida e a redução das vulnerabilidades decorrentes dos fatores de risco ao Acidente Vascular Cerebral. Segundo o parlamentar, o projeto tem por finalidade garantir o desenvolvimento de estratégias que garantam os serviços de urgência e de emergência, assim como o pronto atendimento gratuito e especializado às vítimas.

Além disso, a proposta parlamentar visa garantir o apoio à pesquisa em promoção da saúde, por meio da cooperação técnica entre o Poder Executivo e as universidades (públicas e privadas) do Estado; e ao estímulo para a “criação de alternativas inovadoras e socialmente inclusivas no setor das ações de promoção da saúde, que beneficiará principalmente pacientes da rede pública de saúde”.

“Trata-se de uma iniciativa para assegurar aos pacientes aqui do Estado de São Paulo, principalmente aqueles que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS), um atendimento prioritário e gratuito nos casos de AVC. Uma iniciativa importante que também recebeu apoio de entidades e órgãos públicos de saúde que atendem vítimas de Acidente Vascular cerebral”, comentou Edmir Chedid.

O Parecer 316/2024, resultado do congresso de comissões – reunião conjunta das Comissões de Finanças, Orçamento e Planejamento (CFOP) e de Saúde (CS), favorável à iniciativa de Edmir Chedid, foi publicado nesta quarta-feira (28) pelo Diário Oficial. A proposta, que integra um pacote com outros 17 Projetos de Lei, seguiu para a sanção do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Imagem: Deputado Edmir Chedid, autor do Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa.

Campanhas
O parlamentar explicou que a proposta prevê ainda a realização de campanhas educativas de esclarecimento e conscientização sobre as causas, fatores de risco, formas de prevenção, sintomas e tratamento do AVC. “Também vai garantir a distribuição de material informativo e a elaboração de políticas integradas para facilitar o acesso a exames, tratamentos e medicamentos”, acrescentou.

Pelo Projeto de Lei, o paciente terá acesso a uma equipe multidisciplinar (com os profissionais das áreas da assistência social, de enfermagem, de fisioterapia, de fonoaudiologia, de nutrição, de medicina, de psicologia e de terapia ocupacional) para assegurar seu atendimento e restabelecimento, bem como aos órgãos que garantam sua reinserção na sociedade e no mercado de trabalho.

“Afinal, esta é uma doença tempo-dependente. Por isso, a disponibilização dos serviços de urgência e emergência e o pronto atendimento especializado às vítimas são fatores determinantes para se evitar a morte e reduzir a possibilidade de sequelas. A disponibilização de uma equipe multidisciplinar é fundamental para que todos os objetivos deste projeto sejam alcançados”, explicou.

Projeto de Lei 1.115/2023 também garante a criação do Dia Estadual de Prevenção ao Acidente Vascular Cerebral, que será celebrado anualmente em 29 de outubro. “Esta data já é celebrada há 18 anos em nível mundial para concentrar a divulgação das atividades que alertem a população sobre os tratamentos existentes e prevenções da doença”, finalizou Edmir Chedid.

Publicado por

Picture of Vinicius Gustavo 102 FM

Vinicius Gustavo 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias