Siga nossas redes sociais →

Audiência pública discute criação do Aglomerado Urbano da Região Bragantina | 102FM Todo Mundo Ouve

Publicidade

Audiência pública discute criação do Aglomerado Urbano da Região Bragantina | 102FM Todo Mundo Ouve

Na manhã do último sábado (25/09), foi realizada no Centro Cultural Teatro Cultural Carlos Gomes, a audiência pública para debater a criação do Aglomerado Urbano da Região Bragantina. O evento, promovido em atendimento às reivindicações do Deputado Estadual Edmir Chedid (DEM), reuniu representes políticos de 16 municípios.A audiência contou com a presença do Prefeito Jesus Chedid, do Deputado Estadual Edmir Chedid, do Deputado Federal Vanderlei Macris, e do Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e demais autoridades dos municípios envolvidos.O Aglomerado Urbano da Região Bragantina será formado pelos seguintes municípios: Bragança Paulista (município sede), Águas de Lindoia, Amparo, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Joanópolis, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Nazaré Paulista, Pedra Bela, Pinhalzinho, Piracaia, Serra Negra, Socorro, Tuiuti e Vargem.O Prefeito anfitrião, Jesus Chedid, deu as boas vindas aos presentes e agradeceu o empenho do Governo do Estado, nas pessoas do Governador João Doria, do Vice-Governador Rodrigo Garcia e do Secretário Vinholi, pelo trabalho desenvolvimento para a efetivação do Aglomerado Urbano da Região Bragantina.O Deputado Estadual Edmir Chedid destacou que esse Projeto de Lei Complementar (PLC) 27/2021, poderá contribuir com o planejamento regional para o desenvolvimento socioeconômico dos habitantes desse aglomerado urbano. “Em 1995, eu protocolei na Assembleia Legislativa um Projeto de Lei para transformar essa região num aglomerado urbano. É uma luta, é um sonho que temos que trabalhar para realizar e agora comemorar. O Governo do Estado está descentralizando a administração e isso é fundamental para que trabalhemos unidos”, afirmou o parlamentar.O Deputado Federal Vanderlei Macris descreveu essa audiência como um ato histórico para a Região. “Esse projeto é a essência da política no mundo inteiro: se junte que terá mais força”, disse.Na sequência, Marcos Campagnone, Assessor da Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos no Governo do Estado de São Paulo, fez a apresentação dos estudos técnicos desenvolvidos pela Fundação Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) Aglomerado Urbano da Região Bragantina. Segundo o assessor, o processo de regionalização iniciou em 1967, quando foram definidas as primeiras regras para a reorganização regional. “Estamos criando um novo recorte territorial, que está sendo debatido em todas as regiões do Estado, conforme a Constituição Federal”, destacou.O processo de elaboração da nova regionalização partiu de duas premissas: manter o máximo possível de divisões existentes atualmente e considerar o nível de integração regional entre os municípios.Após a apresentação, a mesa diretora da audiência foi recomposta com as seguintes autoridades e representantes da sociedade civil: Prefeito Jesus Chedid – que foi empossado como Presidente do Conselho do Agrupamento da Região Bragantina; Presidente da Câmara de Bragança Paulista, Gislene Bueno; Deputado Estadual Edmir Chedid; Deputado Federal Vanderlei Macris; Prof. Marcos Maia, diretor da Fatec de Bragança Paulista; Antonio Carlos Vidiri, Presidente da Associação Comercial de Bragança Paulista; Dinei Lorenzi, Pró-Reitor da Universidade São Francisco (USF); Sebastião Misiara, Presidente da UVESP; ex-Ministro Barjas Negri; Marcos Campagnone; e o Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.Ao final da audiência, o Secretário Marco Vinholi destacou o trabalho do Governo do Estado para a criação dos Aglomerados Urbanos. “Esse é um momento histórico para Bragança Paulista e região. Estamos levando para o interior a união das regiões. O ex-governador Franco Montoro dizia que ‘as pessoas vivem nas cidades’. Nós atualizamos essa célebre frase acrescentando que ‘as pessoas moram nas cidades, mas vivem na região’”, destacou o Secretário.Ao final, o Prefeito Jesus Chedid, Presidente do Conselho do Agrupamento da Região Bragantina, entregou ao Secretário Marco Vinholi alguns pleitos municipais e regionais, como: a doação ao município do imóvel do Departamento de Estradas de Rodagem (DER); cessão do imóvel da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp); construção de um Hospital Regional; implantação da Rede Lucy Montoro e também a transformação dos AMEs de Atibaia e Amparo em AMEs Cirúrgicos.A Presidente da Câmara, Gislene Bueno, também apresentou dois pleitos: a elevação do Subgrupamento do Corpo de Bombeiro de Bragança Paulista para Grupamento e a implantação da Delegacia de Proteção Animal.A Audiência pública foi transmitida ao vivo pelo YouTube da Secretaria de Desenvolvimento Regional (https://youtube.com/c/DesenvolvimentoRegionalSP) e está disponível para consulta. A população dos 16 municípios poderá apresentar suas sugestões de forma virtual até o próximo dia 15 de outubro, pelo e-mail: audienciapublica@sdr.sp.gov.br.

Publicado por

Picture of Rádio 102 FM

Rádio 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias