Siga nossas redes sociais →

00:00
album-art

00:00

Bragança Paulista terá mais quatro escolas estaduais em tempo integral

Publicidade

Bragança Paulista terá mais quatro escolas estaduais em tempo integral

O Programa de Ensino Integral (PEI) desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação será expandido em Bragança Paulista. A partir do próximo ano, o número de unidades públicas nesta modalidade passará de dois para seis, conforme interesse demonstrado ao governo. A confirmação ocorreu nesta quinta-feira (05), no Palácio dos Bandeirantes – sede do Poder Executivo –, em São Paulo.A iniciativa irá contemplar alunos da EE Casper Líbero, na Vila Motta; EE D. Bruno Gamberini, no Jd. São Miguel; EE Profª. Mathilde Teixeira de Moraes, no Pq. dos Estados; e EE Prof. Sebastião Ferraz de Campos, no Toró. A EE Prof. Luiz Roberto Pinheiro Alegretti, no Jd. São Lourenço, e a EE Profª Maria José de Moraes Salles, no Matadouro, já funcionam na modalidade de ensino integral.De acordo com o deputado Edmir Chedid (DEM), estas quatro unidades de ensino tiveram que se adequar aos critérios estabelecidos pela Secretaria de Estado a Educação, como possuir mais de 12 salas de aulas e atender a uma comunidade com maior vulnerabilidade socioeconômica. “Uma iniciativa importante que pretendemos expandir para os demais bairros de Bragança Paulista”, completou.O parlamentar explicou ainda que a política de ensino em tempo integral é considerada uma prioridade para o governo estadual. “Por esse motivo, estou atuando na Assembleia Legislativa (Alesp) para aprovar os programas e projetos que possam resultar em melhorias às unidades que já integram o PEI, assim como para ampliar o número de escolas públicas em tempo integral no Estado”, disse.BenefíciosAlém das quatro unidades de ensino de Bragança Paulista, a EE Narciso Pieroni, de Socorro/SP, também irá oferecer ensino integral aos alunos. Estas unidades integram a Diretoria de Ensino de Bragança Paulista e irão atender aos alunos dos anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. “A carga horária é de até 9h30 – na rede regular, a jornada é de 5h15”, finalizou Edmir Chedid.Pelo Programa de Ensino Integral, os alunos passam a ter uma matriz curricular diferenciada, que inclui projeto de vida, orientação de estudos e de práticas experimentais. Também terão acesso a clubes juvenis conforme os temas de interesses comuns (dança, debates, xadrez etc.). Também irão frequentar disciplinas eletivas escolhidas de acordo com seus objetivos de carreira profissional.

Publicado por

Rádio 102 FM

Rádio 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias