Siga nossas redes sociais →

Casos de dengue tendem a aumentar no verão; combater a água parada é essencial para barrar a doença 

Publicidade

Casos de dengue tendem a aumentar no verão; combater a água parada é essencial para barrar a doença 

Fortes chuvas e o calor intenso do verão criam as condições ideais para a proliferação do mosquito Aedes aegipty, transmissor da dengue. 

No Brasil, o aumento dos casos é verificado principalmente de novembro a maio, de acordo com o período chuvoso em cada região. 

O vírus da dengue possui quatro sorotipos diferentes e é transmitido pela picada da fêmea do mosquito. 

Ela também é responsável pelo aumento da população de insetos, por meio dos ovos que deposita na água e que podem sobreviver por até um ano no ambiente. 

Eles eclodem ao entrar em contato com a água das chuvas, sob o calor intenso, e dão origem a milhares de mosquitos. 

Evitar o acúmulo de água parada é a principal forma de impedir o aumento nos casos da doença. 

A dengue provoca sintomas como febre alta, dor no corpo e nas articulações, dor atrás dos olhos, mal estar e manchas no corpo. 

A perceber algum desses sinais é importante buscar ajuda médica.

Publicado por

Vinicius Gustavo 102 FM

Vinicius Gustavo 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias