Siga nossas redes sociais →

Centro Cultural recebe cinco mostras artísticas

Publicidade

Centro Cultural recebe cinco mostras artísticas

Exposições marcam o início das ações culturais no prédio e valorizam o trabalho de artistas bragantinos

Para dar início a nova fase do prédio, bem como reconhecer e valorizar o trabalho dos artistas que elevam o nome da cidade e suas peculiaridades, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, promoveu na segunda-feira (01/02), no Centro Cultural, a abertura de cinco exposições artísticas.Com obras da fotógrafa Daniela Romanesi e dos artistas plásticos Djalma Fernandes, Nirceu Helena, Sérgio Prata e Tina Perazollo, as exposições permeiam diversas vertentes da arte plástica, evidenciando as técnicas de cada artista.Os quadros ficarão expostos de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h, durante o período de 90 dias, data sujeita a alteração. Para visitar as mostras é necessário realizar agendamento prévio pelo e-mail cultura@braganca.sp.gov.br especificando a data, o horário e quantas pessoas participarão da visita.As exposições serão rotativas para garantir que todos os artistas locais possam divulgar os seus trabalhos. Os interessados deverão entrar em contato pelo e-mail cultura@braganca.sp.gov.br.Sobre os artistasDaniela RomanesiDaniela Romanesi é natural de Bragança Paulista e teve sua trajetória profissional percorrida no universo do design gráfico na cidade de São Paulo. É formada em Publicidade e Propaganda e Design Gráfico.Em 2008, começou a fotografar de forma descontraída e autodidata e, rapidamente, se encantou pelos pequenos detalhes da natureza. Através dessa conexão, passou a trazer à tona traços da sua personalidade.Daniela utiliza recursos da macrofotografia para revelar esses detalhes que passam despercebidos em muitos momentos na correria de nosso dia-a-dia. Através das suas fotografias viajamos num mundo de cores, formas e detalhes que nos despertam para percepções cheias de sentimentos.Em tempos de ameaças nucleares, mudanças climáticas catastróficas e desrespeito a natureza, o olhar de Daniela é um alento, um inspirar-expirar profundo, um atestado concreto de que arte, espírito e matéria, são juntos capazes de produzir o sentimento de pertencimento que deveria sempre permear as interações humanas com o universo que nos cerca. Daniela é finalista do Luxembourg Art Prize 2020 e sua obra Aterial IX está exposta na Pinacothèque de Luxemburgo.Djalma FernandesDjalma Antônio Fernandes nasceu em Bragança Paulista e trilhou seu caminho como artista plástico em paralelo com a carreira de bancário. Djalma cursou Artes Visuais no Centro Universitário UNIFAAT com o objetivo de lecionar no ensino superior. Em 1999, fundou a Fernandes Molduras, onde realiza a venda de molduras, materiais artísticos diversos e de suas obras de arte.O artista tornou-se um paisagista que retrata nossa gente e nossa região, assegura a sequência do registro pictural feito por Luis Gualberto, Vitório Pannunzio e Bertolacini. Nirceu HelenaNirceu Helena ou Nirceu de Bragança, modo como o artista assina suas obras, é professor universitário de Desenho e Artes Plásticas formado pela Escola de Belas Artes de São Paulo desde 1961, com Licenciatura Plena desde 1970 pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Nirceu é conservador-restaurador de bens patrimoniais desde 1986 e atua como artista plástico e gravurista. Tina PerazolloBragantina, formada em odontologia, Tina encantou-se com as artes de outros artistas e, autodidata, passou a pintar. A artista imprime em suas telas sua fé e encantamento com a vida com sua arte naif, do Francês: ingênua, de forma muito genuína.Tina Perazollo retrata temas espirituais e agradáveis com o intuito de levar a felicidade às pessoas através de seus temas e cores. Sérgio PrataSérgio Prata é escultor, pintor de telas, afrescos, pinturas murais e painéis cerâmicos, especialista em técnicas de pintura pela Ensb-A de Paris. É artista sacro muralista, pesquisador de técnicas de iconógrafia Bizantina, desenhista, retratista, gravurista e vitralista.Sérgio especializou-se em desenho, afrescos com Mr. Bernard Delamarche e técnicas de pintura com Mr. Abraham Pincas e Jean Petit, entre 1981 e 1986. Estudou composição de obras de arte no Museu do Louvre com o renomado professor James Bloedé.De volta ao Brasil em 1986, o artista inicia sua carreira profissional ampliando seu leque de ação em áreas como a gravura, técnicas de escultura e vitrais.Desenvolve atividades relacionadas às artes plásticas, realiza exposições no Brasil e no exterior, pinta obras murais monumentais e sobre cavalete, para espaços públicos e colecionadores particulares.É criador de um procedimento inovador em pintura: as pinturas trifásicas, que nos permite ver 3 obras sobre a mesma tela, em diferentes condições de luz.

Publicado por

Picture of Rádio 102 FM

Rádio 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias