Siga nossas redes sociais →

Edmir Chedid reitera preocupação com a segurança pública no carnaval

Publicidade

Edmir Chedid reitera preocupação com a segurança pública no carnaval

O deputado Edmir Chedid (União) reiterou nesta quarta-feira (15) à Secretaria de Estado da Segurança Pública a reivindicação pelo aumento do efetivo policial nas estâncias e nos Municípios de Interesse Turístico (MITs) que receberão foliões neste feriado. As prefeituras, segundo o parlamentar, precisam do apoio das polícias Civil e Militar para garantir a segurança da comunidade e dos turistas.
“O Carnaval é um momento de alegria e descontração; é a maior festa popular do país. Mas, infelizmente, estes nem sempre são os sentimentos presentes numa festa tão bonita e importante à economia dos nossos municípios. Como em qualquer evento que reúna multidões, precisamos estar bem preparados para os contratempos que poderão prejudicar a folia de muita gente”, comentou.
Segundo o parlamentar, a reivindicação pelo aumento do efetivo de profissionais das polícias Civil e Militar, bem como de viaturas nas estâncias e nos MITs, ocorreu no fim de janeiro. “Nesta quarta, apenas reiterei aquilo que já havia defendido aos municípios. Precisamos trabalhar juntos, com o apoio das prefeituras, para que todos tenham dias felizes e seguros durante o carnaval”, disse.
Em relação aos municípios que compõem o Circuito das Águas e a Região Bragantina, o deputado Edmir Chedid explicou já havia tratado sobre a preocupação com o aumento do efetivo de policiais durante o carnaval em reuniões com representantes da Delegacia Seccional de Polícia Civil e do Batalhão de Polícia Militar do Interior (34º BPM/I), ambos em Bragança Paulista.
“Na oportunidade, também pude tratar sobre o apoio de prefeituras às atividades de polícia. Afinal, as Guardas Civis Municipais desempenham papel importante à comunidade. Por isso, acredito que o trabalho conjunto possa resultar em mais benefícios à comunidade durante o feriado prolongado de carnaval. Os canais de atendimento funcionam 24h por dia, todos os dias da semana.”

Bombeiros
Edmir Chedid também reiterou sua preocupação com a segurança dos foliões no Corpo de Bombeiros. Por meio de requerimento, defendeu o aumento do efetivo ao destacar a importância das atividades realizadas pela corporação, principalmente as relacionadas à prevenção e ao resgate de feridos. “Os órgãos de segurança pública são fundamentais neste feriado prolongado”, relembrou.
“O Corpo de Bombeiros garantiu que entre as prioridades está o empenho dos profissionais da corporação no trabalho de prevenção nos pontos considerados mais propensos a aglomerações, como rios e lagos. Citou ainda as praças públicas e as vias municipais. Além disso, tratou sobre a preocupação com as estradas, que possivelmente receberão maior fluxo de veículos”, concluiu.

Dicas de Segurança

  • Durante o carnaval, saia somente com o necessário. Procure não utilizar itens de valor e cartões de limites muito altos;
  • Carregue seus pertences de forma firme, próximo ao corpo. Evite deixar dinheiro, carteira ou o celular nos bolsos;
  • Nos APPs de transporte, cheque as informações do motorista, compartilhe a corrida e verifique se a viagem foi finalizada;
  • Em lugares de grande aglomeração, fique atento aos empurrões; apalpar, encoxar e apertar é crime de Importunação Sexual;
  • Evite brigas e confusões. Caso veja alguma, procure um local seguro e distante. Caso seja possível, informe à polícia;
  • Nas compras, insira você mesmo o cartão na maquininha. Fique atento ao valor e verifique se não há ninguém olhando sua senha;
  • Jamais reaja a um assalto; entregue o que a pessoa pedir. Memorize traços e sinais particulares dos infratores para comunicar à polícia.
  • Evite utilizar o celular. Se precisar atender uma chamada, procure um local protegido. Seja muito rápido e discreto;
    Digite *#06# no seu celular, que o número de série aparecerá no visor. Com esse número, a polícia poderá, no ato de apreensões e/ou abordagens a pessoas suspeitas, identificar a origem dos aparelhos e, constatando-se irregularidades, fazer a prisão de autores pelo crime de receptação.

Publicado por

Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias