Siga nossas redes sociais →

Educação Municipal de Bragança Paulista atinge Alto Grau de Satisfação

Publicidade

Educação Municipal de Bragança Paulista atinge Alto Grau de Satisfação

A Prefeitura de Bragança Paulista vem investindo a cada dia na educação do município para garantir a qualidade de ensino dos alunos. Prova disso, é o resultado da pesquisa desenvolvida pelo Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos (INDSAT), que classificou a Educação Municipal de Bragança Paulista entre os melhores serviços da Cidade de Médio Porte (CMP).

O resultado, obtido pelas pesquisas da INDSAT, posiciona o setor em 2º lugar entre os 9 serviços públicos considerados no levantamento. A partir da pontuação, a Educação atinge o Alto Grau de Satisfação nas pesquisas, superando a média das demais cidades do agrupamento, de 649 pontos.

Segundo a pesquisa, a Educação agradou 76% dos moradores participantes do estudo, somando taxas de 8,8% de ótimo e 67,2% de bom. O número supera os resultados da rejeição, que registraram apenas 2,6% de avaliações negativas na INDSAT. Os dados consideram margem de erro de 4,8% sob intervalo de confiança de 95%.

A pesquisa também é dividida por faixa etária, gênero, nível de escolaridade e religião. A maior aprovação da Educação de Bragança Paulista foi registrada entre moradores com mais de 50 anos, chegando a 85,8%. No caso da rejeição, os indicadores foram mais altos entre a população de ensino superior, com 7,2%.

Para o Secretário Municipal de Educação, Prof. Adilson Moreira Condesso, o resultado da pesquisa reflete nos investimentos realizados pela Administração Municipal na educação do município.

“Os alunos recebem uniformes, materiais escolares, além de livros didáticos, livros de leitura, através do Projeto ‘Minha Primeira Biblioteca’, e apoio à aprendizagem das crianças, com a utilização de iPad’s, por meio do Programa Bragança Conectando Aprendizagens. Além disso, neste ano, o município passou a contar com 16 escolas com oferta de ensino em tempo integral, sendo 12 de ensino fundamental e 4 de educação infantil, que atendem cerca de 4.600 alunos. Além das aulas regulares, os estudantes têm à disposição projetos complementares, como o Musicalizando, Educação Financeira, Palavra Cantada, Robótica, dentre outros, focados sempre na ampliação da qualidade do ensino”, ressaltou.

O Secretário da pasta também falou sobre a valorização dos profissionais da educação. “O fruto desse trabalho também é a valorização dos profissionais do magistério, através de formações em serviço frequentes, distribuição de equipamentos de informática para auxiliar no preparo das aulas e no acesso às tecnologias de informação”, completou o Secretário Municipal de Educação, Prof. Adilson Moreira Condesso.

Para o Prefeito Prof. Amauri Sodré investir em educação é dar oportunidade para as pessoas e garantir um futuro melhor. “O resultado da pesquisa confirma o nosso compromisso de oferecer um bom aprendizado aos nossos alunos. Estamos investindo em diversos projetos que permitem o acesso dos estudantes, desde pequeno, ao aprendizado de diversas habilidades e de conteúdos complementares”.

Pesquisa

As cidades avaliadas pela INDSAT foram divididas em agrupamentos populacionais. São 3 agrupamentos: Cidades de Pequeno Porte (CPP) com até 100 mil habitantes, Cidades de Médio Porte (CMP) entre 100 mil e 400 mil habitantes e Cidades de Grande Porte (CGP) com mais de 400 mil habitantes.

Publicado por

Picture of Vinicius Gustavo 102 FM

Vinicius Gustavo 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias