Siga nossas redes sociais →

Fiscalização de casas noturnas e bares é realizada em Bragança Paulista

Publicidade

Fiscalização de casas noturnas e bares é realizada em Bragança Paulista

A Prefeitura de Bragança Paulista iniciou nesta sexta-feira (27/01), a “Operação Boate Kiss” para orientação de casas noturnas e bares quanto à regularização de alvará de funcionamento, de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e acessibilidade. Hoje, completou 10 anos do incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria (RS), deixando 242 mortos.

Nesse primeiro momento, a operação visa orientar bares e casas noturnas. O município conta com 13 estabelecimentos desse segmento. A princípio, elas serão notificadas, e sendo constatado ausência de AVCB, os estabelecimentos terão as atividades suspensas.

AVCB

Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) é o documento emitido pelo Corpo de Bombeiros certificando que a edificação possui as condições de segurança contra incêndio. Para regularização do AVCB é necessário entrar em contato com o Corpo de Bombeiros. O AVCB é um dos requisitos necessários para a emissão do Alvará de Funcionamento.

ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO

A Prefeitura informa ainda aos proprietários de estabelecimentos comerciais que é importante sempre se manterem atentos à validade do Alvará de Funcionamento, bem como do AVCB. Caso estejam perto da data de vencimento, é preciso fazer a renovação desses documentos.

A Lei Complementar nº 803, de 2015, com modificações pela Lei Complementar nº 861, de 2019, institui normas para concessão de Alvará de Funcionamento e de Certificado de Inscrição Municipal.

É preciso ter prévia licença para:

– A localização e/ou o funcionamento de estabelecimento;

– O funcionamento em horário especial;

– O comércio eventual, ambulante ou móvel;

– A ocupação de área em vias e logradouros públicos.

As licenças são concedidas na forma de alvará, que deverá ser afixado em local visível e de fácil acesso à fiscalização. A concessão do Alvará de Funcionamento se fará mediante requerimento do próprio interessado ou de seu representante legal, protocolado na Prefeitura.

Após o prazo de validade do alvará, este deve ser renovado de acordo com o primeiro documento que vencer, sendo dispensada a reapresentação daqueles que permanecerem vigentes.

Os proprietários também precisam ficar atentos caso haja alterações de razão social; nas características estruturais do imóvel onde estiver instalado o estabelecimento; no ramo de atividade ou de endereço do estabelecimento. Nestes casos, é preciso solicitar novo alvará.

Quem infringir a lei está sujeito a penalidades como multa, apreensão e perda de bens e mercadorias, interdição do estabelecimento e cassação, revogação e anulação do Alvará de Funcionamento ou de Autorização.

Importante frisar que sem o AVCB não é expedido o Alvará de Funcionamento.

Para regularização do Alvará é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento Agiliza.

Publicado por

Vinicius Gustavo 102 FM

Vinicius Gustavo 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias