Siga nossas redes sociais →

Governo estima que vacina contra a dengue deve estar disponível no SUS dentro de um ano e meio

Publicidade

Governo estima que vacina contra a dengue deve estar disponível no SUS dentro de um ano e meio

Governo estima que vacina contra a dengue deve estar disponível no SUS dentro de um ano e meio

O desenvolvimento do imunizante foi conduzido por uma empresa farmacêutica japonesa e apresentou eficácia de 80%

Brasil já registra um milhão e 300 mil casos prováveis de dengue em 2023. O número de mortes confirmadas em razão da doença chega a 596 e há outras 428 em investigação. A maior parte dos casos se concentra nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, mas os cuidados de prevenção devem ser adotados em todas as localidades.

Em março a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, aprovou o registro de uma nova vacina contra a dengue, mas que ainda não está disponível para uso na população. A previsão do Ministério da Saúde é que somente dentro de um ano e meio seja possível oferecer o imunizante pelo Sistema Único de Saúde, o SUS.

O órgão explica que ainda estão em andamento os trâmites para importação do lote inicial e a transferência da tecnologia para a produção no Brasil. A vacina protege contra os quatro sorotipos do vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti e é indicada para pessoas dos quatro aos 60 anos de idade. Ela será aplicada em duas doses, com intervalo de três meses entre elas.

Os impactos da dengue e as medidas de combate à doença foram tema de debate na Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados, no último dia seis de junho.

Publicado por

Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias