Siga nossas redes sociais →

Jogador artista: Goleiro do Bragantino é desenhista nas horas vagas

Publicidade

Jogador artista: Goleiro do Bragantino é desenhista nas horas vagas

Jogador artista: Goleiro do Bragantino é desenhista nas horas vagas

Fernando Costa, de 18 anos disputará a Copinha com pelo Massa Bruta

A Copinha de 2023 está chegando, e com a competição de base mais cobiçada do mundo, também surgem as histórias dos personagens: Os jovens que sonham em se tornar jogadores.

No elenco do Massa Bruta, o goleiro Fernando Costa, além de segurar tudo de baixo das traves também se aventura em desenhar. Durante o tempo livre, o jogador também tem essa paixão aflorada. “Tenho um lado artístico que pouca gente conhece. Eu faço desenhos realistas. Gosto bastante de fazer. Para relaxar também a cabeça, porque a gente não é de ferro. Também gosto de videogame. Quando estou em casa jogo com meu irmão. Gosto de estudar, principalmente a parte de economia, sempre me interessei. Isso foi decisivo para eu poder escolher minha faculdade. Eu curso economia. Eu pensei ‘o que eu posso fazer que eu vou gostar e que tenha a ver com futebol?’. Eu acho que economia faz todo o sentido, principalmente por conta da gestão financeira, que eu acho super importante”, disse.

Para chegar até aqui, o goleiro passou por um momento difícil. No final de 2019, Fernando sofreu uma lesão que o tirou dos gramados por muito tempo. “A princípio, fiquei bem chateado quando machuquei. Tinha perspectivas negativas, não conseguia me imaginar ainda seguindo na carreira como goleiro. Mas, após algumas semanas de reflexão, eu resolvi tentar. Eu tive todo o apoio do clube, ajuda médica, isso foi fundamental. Foram meses de extrema dedicação, academia todos os dias, fisioterapia, integração com o campo quando possível. Durante esse processo, ganhei mais motivação por perceber que realmente seria possível seguir minha carreira. E eu consegui voltar até antes do prazo estipulado”, disse. 

“Foi em um cruzamento na área, acabei batendo minha perna nas costas do nosso atleta, e eu girei e caí. Eu quebrei o cotovelo e o tendão do tríceps se descolou do osso. Então aquela cena ficou na minha cabeça por alguns meses. Quando voltei a treinar e jogar e ocorria um lance parecido, já dava um gelo no corpo, mas com o tempo eu superei e aprendi. Já sei o que não posso fazer e fica mais fácil para realizar a ação”, contou sobre o lance da lesão.

Fernando disputará sua segunda Copinha. Em 2022, o jogador esteve com o grupo, mas não entrou em campo. Agora, vive a expectativa de representar o Braga dentro das quatro linhas na principal competição de base do país. 

“Na última edição eu fui terceiro goleiro. É um campeonato muito importante, tanto individualmente quanto para o clube. A copinha é um dos campeonatos com maior visibilidade para a nossa idade, então é uma oportunidade que a gente tem de mostrar o nosso trabalho. Ali vão jogar times extremamente competitivos e é justamente o que a gente precisa para desenvolver o nosso jogo. O objetivo é jogar, desempenhar bem e poder ajudar a equipe”, disse o goleiro.

“Nosso time será extremamente competitivo. A gente treina muito todos os dias para poder honrar essa camisa, honrar nossos familiares e honrar a torcida. Essa Copinha será o início de um ano espetacular para o Red Bull Bragantino. A gente vai fazer de tudo para proporcionar isso para a torcida. Espero que todos possam acompanhar e nos apoiar”, finalizou Fernando.

A estreia dos Garotos do Massa Bruta na Copinha 2023 será no dia 04 de janeiro, às 16h45, diante do Lemense. A segunda partida será no dia 07, às 19h, contra o ABC. O encerramento da fase de grupos será no dia 10, às 16h45, contra o Maringá. O Braga está no Grupo 20, com sede em Leme. 

Publicado por

Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias