Siga nossas redes sociais →

“Menina Veneno”, de Ritchie, completa 40 anos de seu lançamento

Publicidade

“Menina Veneno”, de Ritchie, completa 40 anos de seu lançamento

“Menina Veneno”, de Ritchie, completa 40 anos de seu lançamento

O álbum vendeu 500 mil cópias e a canção virou um marco do rock pop brasileiro

Um dos principais nomes da new wave brasileira que invadiu as estações de rádio nos anos 1980, o cantor Ritchie celebra neste 14 de fevereiro os 40 anos de lançamento de seu primeiro compacto solo, que apresentava a canção “Menina Veneno”.

O lançamento via CBS do compacto, que trazia em seu lado B a canção “Baby, Meu Bem”, foi além da expectativa e as vendas ultrapassaram a casa das 500 mil cópias, um marco na história do mercado fonográfico brasileiro.

“Menina Veneno” se tornou a música mais executada nas rádios do Brasil no ano de 1983 e abriu portas para o disco de estreia do cantor intitulado Vôo de Coração, lançado quatro meses depois.

Embalado por “Menina Veneno”, o LP emplacou ainda os singles “A vida tem dessas coisas”, “Casanova”, “Pelo interfone” e a faixa-título, resultando em um milhão e duzentas mil cópias vendidas.

Outro destaque desse disco de Ritchie – que é inglês e vive no Brasil desde o início dos anos 1970 – fica para o timaço de músicos que o acompanharam nas sessões de gravação, como Lulu Santos e Steve Hackett (do Genesis) nas guitarras, Liminha no baixo, Lobão na bateria, Lauro Salazar no piano e sintetizadores, Zé Luis no sax, e Chico Batera na percussão.

Voltando à “Menina Veneno”, é bom ressaltar que embora possa ser considerada (erroneamente) uma “música brega” no Brasil, é executada ainda hoje na programação de rádios de música alternativa da Inglaterra e apontada por lá como um dos marcos do pop/rock brasileiro.

Texto: Rádio Rock

Publicado por

Picture of Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias