Siga nossas redes sociais →

Mistura obrigatória de biodiesel no diesel sobe para 12% em abril e chegará a 15% em 2026

Publicidade

Mistura obrigatória de biodiesel no diesel sobe para 12% em abril e chegará a 15% em 2026

Mistura obrigatória de biodiesel no diesel sobe para 12% em abril e chegará a 15% em 2026

A quantidade de biodiesel obrigatória no óleo diesel vai aumentar. Atualmente, o percentual está em 10% mas, na última sexta-feira, o Conselho de Política Energética decidiu que elevará esse índice a 15%. Esse aumento, no entanto, será feito de forma gradual.

As mudanças começam a partir do mês que vem. Em abril, o percentual da mistura obrigatória de biodiesel no diesel passa a ser de 12%. Em abril de 2024, sobe para 13%; 12 meses depois, em abril de 2025, será de 14% e, finalmente, em abril de 2026, o percentual obrigatório atingirá os 15%. O biodiesel é um combustível mais sustentável e menos poluente que o diesel, mas custa mais.

Essa é uma das razões que faz com que o aumento da porcentagem obrigatória na mistura não seja unanimidade. Produtores de biodiesel aprovam, mas a medida desagrada o setor de transportes.

Em nota, a Confederação Nacional do Transporte afirmou que aumentar o teor do biodiesel no diesel gera custos adicionais ao valor do frete que serão transferidos para toda a população. E, ainda segundo a CNT, o biodiesel usado no Brasil diminui a eficiência energética dos motores de ônibus e caminhões, o que aumenta o consumo de combustível.

Já entidades que representam produtores de biodiesel dizem que nenhum dano a máquinas e motores foi comprovado pela ação direta ou indireta da utilização do biodiesel no Brasil e defendem que o uso do biodiesel reduz a poluição atmosférica e é benéfico ao meio ambiente;

Em entrevista coletiva após a decisão do Conselho de Política Energética, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que, na prática, cada ponto percentual elevado representará um impacto de um centavo no preço do litro do diesel.

Publicado por

Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias