Siga nossas redes sociais →

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf, aos 67 anos em São Paulo

Publicidade

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf, aos 67 anos em São Paulo

Artista estava internado em um hospital de São Paulo e morreu na noite desta quarta-feira (19). Em nota, família agradeceu apoio de fãs, amigos e colegas de profissão.

O cantor Chrystian, que fez parte da dupla Chrystian e Ralf, morreu na noite desta quarta-feira (19). Ele tinha 67 anos e estava internado em um hospital de São Paulo. A morte foi confirmada pela família, por meio de nota. O velório será a partir das 11h em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

A assessoria do cantor afirmou que ele precisou ser hospitalizado após ser diagnosticado “com uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”. A causa da morte não foi divulgada.

Em fevereiro deste ano, Chrystian foi internado Hospital do Rim, em São Paulo, após ser diagnosticado com rim policístico. O cantor chegou a se preparar para um transplante de rim. A doação seria feita pela esposa, Key Vieira.

Entretanto, a cirurgia foi adiada para o final de 2024. Durante os exames pré-operatórios, o cantor precisou passar por um cateterismo.

“Esse procedimento exige o uso de uma medicação para afinar o sangue, por seis meses, e durante este tratamento não é permitido que seja realizada uma cirurgia”, afirmou a equipe do artista à época.

Após ser hospitalizado nesta quarta-feira, a assessoria do cantor afirmou que ele estava seguindo todas as recomendações médicas. Além disso, um show marcado para sábado (22) em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, foi cancelado.

Por meio de nota, a família disse que Chrystian dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja. Leia a íntegra da nota mais abaixo.

“Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil.”

A família também agradeceu pelo apoio recebido por fãs, amigos e colegas de profissão.

Carreira:

Chrystian, nome artístico de José Pereira da Silva Neto, foi um cantor e compositor brasileiro, nascido em Goiânia, Goiás, no dia 3 de novembro de 1956, e falecido em São Paulo no dia 19 de junho de 2024, aos 67 anos.

Primeiros Passos e Influências:
• Infância Musical: Desde cedo, Chrystian demonstrava aptidão para a música, influenciado pelo pai, Mário Pereira da Silva, violonista e violeiro.
• Experiências Diversas: Na juventude, participou de festivais estudantis e bandas locais, explorando diferentes estilos musicais, como rock, MPB e bossa nova.
• Carreira Solo e Pseudônimo: Nos anos 1970, adotou o nome artístico “Chrystian” e iniciou carreira solo, cantando em inglês e gravando músicas para novelas, como “Don’t Say Goodbye” para “Cavalo de Aço” (1973).
A Dupla Chrystian & Ralf Nasce:
• União Fraternal: Em 1982, Chrystian e seu irmão Ralf uniram seus talentos e formaram a dupla sertaneja que marcaria a história da música brasileira.
• Primeiro Disco: O álbum de estreia, lançado em 1983, já trazia o sucesso “Chora Peito”, que rendeu à dupla o primeiro Disco de Platina.
• Ascensão ao Sucesso: A partir daí, Chrystian & Ralf conquistaram o público com músicas românticas e letras marcantes, se consolidando como uma das duplas mais populares do Brasil.

Chrystian e Ralf e o sertanejo

A virada para o sertanejo começou no início dos anos 1980. Ainda muito jovens, os irmãos escolheram formar a dupla “Chrystian e Ralf” e lançaram o primeiro disco em 1983, com regravações. “Quebradas da Noite” tinha 12 faixas e foi sucesso de vendas, alcançando o disco de ouro.

Ainda na década de 1980, a dupla gravou a canção “Amargurado”, ao lado de Tião Carreiro. Eles também conseguiram pela primeira vez o disco de platina com o álbum “Chrystian e Ralf”, impulsionado pelo hit “Chora Peito”.

Em 1988, lançaram a música country “Saudade”, que foi um dos temas da novela “Pacto de Sangue”, da TV Globo. No mesmo ano, foram eleitos a melhor dupla sertaneja pelo Prêmio da Música Brasileira e fizeram turnê pelos Estados Unidos.

Já na década de 1990, Chrystian e Ralf rodaram o Brasil para comemorar os 10 anos de carreira. Em 1996, gravaram a canção “Minha Gioconda” com Agnaldo Rayol. A música foi tema da novela “O Rei do Gado” e sucesso no Brasil e na Europa.

A dupla se separou brevemente no início dos anos 2000, mas voltaram a trabalhar juntos com o lançamento do disco “De Volta”, em 2001.

Nota da família

“Com imenso pesar, a família e a equipe de Chrystian, comunicam o falecimento do nosso querido esposo, pai e artista, ocorrido no Hospital Samaritano, em São Paulo.

Chrystian dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja, construindo uma carreira brilhante e marcada por inúmeros sucessos.

Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil.

Ao longo de sua trajetória, Chrystian esteve sempre na estrada, compartilhando seu talento e carisma em incontáveis shows, onde conquistou e encantou gerações de admiradores.

Neste momento de profunda dor, encontramos consolo nas memórias dos momentos felizes e nas canções que ele nos deixou.

Agradecemos de coração todo o apoio, carinho e respeito que recebemos dos fãs, amigos e colegas de profissão.

Chrystian viverá para sempre em nossos corações e através de sua música, que continuará a inspirar e emocionar a todos.

Com amor e saudades

Esposa e Filhos.”

Fonte: G1

Publicado por

Picture of Vinicius Gustavo 102 FM

Vinicius Gustavo 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias