Siga nossas redes sociais →

Prefeitura informa que nenhuma gestante e puérpera foi vacinada contra a Covid-19

Publicidade

Prefeitura informa que nenhuma gestante e puérpera foi vacinada contra a Covid-19

Na noite da última segunda-feira (10/05), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) orientou a suspensão da vacina Astrazeneca/Fiocruz em mulheres gestantes com comorbidades e puérperas. Sendo assim, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde realizou o cancelamento da vacinação destes grupos, ou seja, nenhuma gestante ou puérpera foi vacinada contra a Covid-19 no município.A ANVISA afirmou que a suspensão é resultado de eventos adversos feitos de forma constante sobre as vacinas contra a Covid em uso no país. A aplicação “off label” de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feita mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a pessoa. A bula atual da vacina contra a Covid-19 da Astrazeneca/Fiocruz não recomenda o uso da vacina sem orientação médica.A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica (DIVE), assim que recebeu o comunicado da agência reguladora, ligou para as mulheres que haviam realizado o agendamento no site da Prefeitura, para cancelar o procedimento.Todos os agendamentos de gestantes com comorbidades e puérperas estão suspensos. O cronograma de vacinação segue normalmente para os demais grupos, no município.

Publicado por

Rádio 102 FM

Rádio 102 FM

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias