Siga nossas redes sociais →

Anatel e Ancine vão somar forças no combate à pirataria no mercado audiovisual brasileiro

Publicidade

Anatel e Ancine vão somar forças no combate à pirataria no mercado audiovisual brasileiro

Anatel e Ancine vão somar forças no combate à pirataria no mercado audiovisual brasileiro

As duas agências ligadas ao governo federal vão somar forças no combate à pirataria no mercado audiovisual brasileiro.

A Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, e a Agência Nacional do Cinema, a Ancine, anunciaram um acordo de cooperação técnica para impedir a atuação de grupos que disponibilizam de forma clandestina conteúdos audiovisuais, tanto pela internet como por aparelhos sem autorização da Anatel.

É o serviço que, aqui no Brasil, ficou popularmente conhecido como ‘gatonet’. Pelos próximos dois anos, Anatel e Ancine vão compartilhar informações e tecnologias e, juntas, vão capacitar servidores para combater esse tipo de prática, que que considerada ilegal.

A Anatel tem intensificado os esforços no combate à pirataria e, nos últimos meses, operações coordenadas pela agência retiraram de circulação milhões de aparelhos sem aval para comercialização e uso no Brasil, já que liberam, de forma clandestina, o acesso a aplicativos de streaming de conteúdo e canais pagos de televisão.

Em uma das ações mais recentes, no mês passado, a Anatel apreendeu, de uma só vez, mais de 1 milhão e 400 mil aparelhos de TV Box piratas. Segundo estimativas da própria agência, existem entre 5 e 7 milhões de aparelhos do tipo em uso no País.

Publicado por

Vitor Hugo

Vitor Hugo

Compartilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Publicidade

Outras notícias